segunda-feira, 17 de junho de 2013

A favor do aumento

Sou a favor do aumento de R$0,20 na tarifa do ônibus.
Isso mesmo. Quero o aumento.

Utilizei o transporte público durante muitos anos para trabalhar. Hoje, utilizo com menos frequencia, uma vez que não trabalho fora.
Para quem não mora em São Paulo, talvez fique um pouco difícil de compreender a lógica e a logística do que vou dizer; para quem mora, é realidade.
Utilizamos uma média de duas horas e meia para irmos e outras duas horas e meia para voltarmos do trabalho. Parece estranho, não? Cinco horas diárias usadas em locomoção para distâncias curtas se comparadas que com estas cinco horas daria para chegar ao Rio de Janeiro, por exemplo. São dados de pesquisas. 

Eu acordava às quatro da manhã, sem direito a dar aquela esticadinha de alguns minutinhos a mais. Entrava no chuveiro rapidamente para acordar realmente.
As quatro e meia tinha que estar no ponto de ônibus. Não tomava café da manhã. Seria melhor dizer café da madrugada. Não se sente muito apetite a essa hora.
A primeira vez que eu saí na rua para o meu primeiro dia de trabalho imaginei que só teria eu no ônibus, o metrô estaria vazio. Foi uma surpresa. Lotado.
Precisava passar o cartão às sete horas. E mesmo saindo as quatro e pouco da madrugada, muitas vezes passei o cartão atrasada.
As panes eram constantes, as paradas, a lentidão, a operação tartaruga...
Então eu imagino que com os R$0,20 de aumento, haverá rapidez, fluidez nos transportes.

Outro fato que notava, é que nas saídas das estações, sempre havia alguém com um carrinho de feira cheio de garrafas térmicas vendendo num copo plástico, café com leite e um pedaço de bolo simples, por R$2,00. A maioria fazia uma pausa ali. Era o café da manhã que de madrugada não desce, ou para manter o silêncio e o sono dos outros habitantes do lar, a gente sai sem tomar.
Então eu acredito que com o aumento dos vinte centavos, a rapidez dos coletivos, será possível que se gaste em média apenas uma hora para chegar ao seu destino, sendo possível dormir um pouco mais e ter tempo para um café. Estaríamos economizando, pelo menos R$1,80 sem precisar comer logo pela manhã na rua.

Um outro problema que eu enfrentava e hoje outros tantos milhões enfrentam aqui em São Paulo é o xixi.
Falando de metrô, trens, não há banheiros disponíveis. Você tem que sair da estação, muitas vezes pagar R$0,50 para esvaziar sua bexiga. Ou você acha que é só pedir para o funcionário que supervisiona as catracas - "moço só vou ali fazer xixi e já volto, posso passar por baixo, ou o senhor libera para mim?".
Não. Ou você paga uma nova passagem, ou você segura o seu xixi.
E torce para que você não tenha nenhuma infecção urinária porque vai gastar com remédios, sem contar que se precisar utilizar o serviço público de saúde, aí já é um outro assunto.

Já foi assunto de tese a falta de banheiros no trajeto do trabalhador que utiliza transporte público e suas implicações na saúde. Não é invenção minha.
Então eu acredito que com os tais vinte centavos, haverá dignidade para quem utiliza os coletivos.

Livros. São outro aspecto que valeriam o aumento dos vinte centavos.
Milhões de pessoas que ficam duas horas ou mais dentro de um ônibus ou mesmo nos trens e metrô, fazem da leitura seu lazer, sua companhia para passar o tempo e de quebra se instrui, aprende, desenvolve vocabulário, pensa, raciocina...
E havia nas estações de trem e metrô, bibliotecas. Fácil acesso. Perfeito para pegar, devolver sem ter que sair do seu trajeto.
Havia.
Por falta de patrocínio, foram fechadas.


Ficou apenas uma na estação Paraíso.

O preço médio de um livro está em R$35,00. Um ou dois livros que se pegasse nessas bibliotecas, valeriam os seus vinte centavos.

Quero acreditar que com o aumento de vinte centavos, os espaços de leitura reabram.

Houve um tempo, em que era possível ler jornal dentro do metrô. Eu era uma das pessoas que "filava"o jornal alheio. Era divertido.


Agora, veja como é nas plataformas e use sua imagine como é dentro de um vagão.



Não é nada divertido. Mas eu acredito que com os vinte centavos, o sistema será ampliado a ponto de se conseguir segurar um jornal durante seu itinerário.

Algumas pessoa me disseram para nem perder tempo escrevendo isso porque os vinte centavos vão custear obras superfaturadas, vão comprar milhares de GPS que não servirão para melhorar a qualidade do transporte e vão enriquecer ainda mais uma minoria.

Eu insisto em acreditar que tudo vai melhorar.

As ruas não me deixam mentir. De muitas maneiras, estamos gritando por mudanças.



21 comentários:

VERINHA TIBURSKI disse...

Olá Ana.
Um maravilhoso post.
Não cheguei a opinar por não ocupar ônibus uma boa parte de minha vida, sempre usava bicicleta e usava ônibus em ultimo caso. Não sei ao certo como funciona por não assistir as reportagens que fazem sensacionalismo em cima desta manifestação, o que vi foi prefeitura sendo depredada, ônibus pichados, muita baixaria e para isso não dou ibope. Até concordo com o objetivo da redução na tarifa se é este desejo dos demais, só que violência não ajuda em nada. Cada um com a sua opinião, a sua tem que ser respeitada e olhando por seu ponto de vista há razão, só penso que o povo já esta cansado de ser lesado sempre. Fico torcendo e desejando que tudo tenha um desfecho favorável ao povo. Não podemos perder a fé de tudo ser diferente e melhor para todos. Fez muito bem em expressar sua opinião, atitude coerente.
Uma bela terça feira. Beijos.

Rafaella disse...

Na realidade com a passagem no valor de hoje eles conseguiriam melhorar muito e fazer um sistema decente..
Infelizmente esses 0,20 não vão mudar em nada o transporte público!
Bjs e adorei a postagem!

Christian V. Louis disse...

Ana, o que eu admiro é blogueiro que tem coragem de dar a cara a tapa e falar de temas polêmicos por mais que possam vir pedradas (embora eu acredite que todos lhe respeitem muito e isso não irá acontecer).
Eu não tinha visto por este ângulo que viu e gosto de ler todos os ângulos, pois só assim podemos formar uma opinião concreta de alguma coisa e não termos o que meu avô chamava de "visão de cavalo" que só olha pra frente, só para um lugar.
Sou a favor de protestos, embora, ultimamente, acredito que não dá em nada, contudo, sou absolutamente contra depredação de patrimônio público e privados, comerciantes apavorados que, por vezes, podem nem ter nada a ver com isto, tem, como você, o direito de não compactuar com estas opiniões e estão sendo lesados.
Aplaudo de pé sua coragem em abordar de modo lúcido um assunto o qual a maioria poderá discordar, mesmo que não assuma publicamente.
Abraço e boa semana.

Dama de Cinzas disse...

Excelente seu texto. E só tenho a acrescentar que pela primeira vez sinto orgulho de ser brasileira ao ver o povo mudando de atitude. Agora eu tenho esperanças de que algo mude, porque em políticos já perdi as esperanças faz um tempo.

Beijocas

✿ chica disse...

Ana Paula, tu foste maravilhosa. Não sei se esses 0,20 poderiam ser capazes de tantas coisas, mas sei que não é ESSE o real motivo da griteira.Há mais atrás disso!

E tomara esses pontos de livros pudessem voltar, isso é lindo!

Esta noite depedraram um ônibus aqui. Isso nada adianta. Protestar, gritar, reclamar, bradar, sem destruir. No momento que fazem isso, se igualam aos que eles reclamam... beijos,tudo de bom,lindo dia!

Rita disse...

Bom dia eu achei maravilhoso esse post,bem explicadinho, tbém faço uso do ônibus e aqui na minha cidade eu acho caro pq não andamos muito , mas acho que teria que ter mais diálogo entre poderosos e pessoas assim não teria toda essa confusão
Deixo um abraço com carinho
Bjuss
Rita╭•⊰✿¸.•*ღ ღ¸╭•⊰✿

Calu disse...

Ana,
adorei teu viés, confronto necessário diante das múltiplas questões que estão postas e ganhando a voz das ruas, não sem tempo.À medida que outras visões, como a tua, vem se somando a este cenário de absurdos vividos no país, cresce a possibilidade de incômodo, de alerta aos diferentes níveis de governo;espero sinceramente, que mudanças realmente eficazes venham a seguir.
Há tantos acertos urgentes na vida cidadã que é premente não esfriarmos os ânimos, mas com civilidade, sem vandalismos, nem bandidagem custeada para desmobilizar o povo ordeiro.
Um abraço, parceira.
Calu

Moro em um Kinder Ovo disse...

Eu ainda estou tentando entender o que se passa, em busca da mais informações porque percebo apenas uma coisa: foram às ruas, mas e agora para onde ir?

Tina Bau Couto disse...

Aplausos! Para seu post e para os protestos sem anarquia, o que vier será lucro, só de saírem do facebook já vejo um lucro enorme :)

Rosa Branca disse...

é verdade o maio grito é de QUEREMOS MUDANÇAS.MERECEMOS MUDANÇAS
Um abraço carinhoso

Paty Alves
Ágape Amor Verdadeiro
Patyiva
Vou Conseguir

Priscila Ferreira disse...

Acredito que as manifestações propostas não são só pelos 20 centavos, queremos melhores condições com os nossos direitos, onde está a nossa educação e saúde pública?

Acredito que se fosse melhorar as condições do transporte público de SP 20 centavos seriam um ótimo gasto, com essas melhorias, biblioteca, banheiros, trajetar podendo sentar, sendo essa 'viagem' mais rápida.. acho que vale a pena o investimento!

Gostei da sua opinião, e concordo que se houvessem essas melhorias mais do que justo seria o aumento de 20 centavos!

Gostaria que também ampliassem essas melhorias para outros lugares do Brasil, como aqui em Vitória-ES. Acredita que na capital não tem terminal de ônibus?

Beijos e uma ótima semana! :)

A BETI disse...

Eis a questão!
Sem entrar propriamente no assunto, o que me chamou atenção em seu texto foi a hora do xixi..rs..rs, caso eu estivesse morando em uma dessas capitais iria gastar muitos R$ 0,50 kkkkkkkk
Uma linda semana pra vc!
Bjssssssssssssssssssssssss

Rovênia disse...

É, amiga, a realidade não é diferente por aqui, na capital federal. Temos uma das passagens de ônibus mais caras do Brasil. E saiba que todos os dias pego um engarrafamento danado porque sempre tem um ônibus quebrado. Imagina como será isso em plena Copa do Mundo? Turistas e turistas que não chegarão aos estádios da Pátria de Chuteiras porque o transporte público quebrou, não funciona. Será que se eu contribuir voluntariamente com R$ 0,20 consigo ter um trânsito menos engarrafado e ver trabalhadores e turistas mais felizes, chegando aos seus destinos? E viva a alegria do futebol! Gostei do seu ponto de vista! Beijos!

#*Marly Bastos*# disse...

Ana eu acredito que os 0,20 centavos já mudou o Brasil, o transporte infelizmente vai continuar precário, pois esses míseros centavos não serão para melhorias e sim para "para credibilizar o deficit nesse meio" já que a gasolina subiu, os salários subiram[?], peças para os autos subiram...
Uma vez andei de metrô em São Paulo e queria ir pra lá, a multidão me empurrava pra cá... Uma loucura! E esse seu sonho seria a instalação do paraíso nas estações. Já pensou nossos netos estudando na escola "A REVOLTA DOS 0,20 CENTAVOS"? KKKKKKKK Seria perfeito!
bjkas doces

Kellen Bittencourt disse...

Infelizmente as boas mudanças em estrutura muitas vezes só ocorrem de fato com as privatizações! Entendo sua fé Ana, afinal se não a tivermos, tudo perde o sentido, ela provém de uma pessoa de bom coração que acredita no bom censo das pessoas, o congresso precisa de muitas Ana Paulas assim com esse desejo de melhorias e com uma real preocupação com a população! Parabéns! Bjoooosss

Ana Bailune disse...

Só posso te aplaudir, pela coerência e pela coragem!

JAN disse...

Oi Ana Paula, talvez os R$ 0,20 tenham sido a gota d'água...
Belíssima exposição do seu ponto de vista!

Abração
Jan

Laiz disse...

Adorei seu post! Que bom seria se as mudanças acontecessem, que tudo isso onsiga mudar não os 0,20 centavos, mas um pouco da nossa passividade em relações a tantas coisas ruins acontecendo o mesmo tempo, e todos nós calados. Que não acabe m pizza! Bjo bjo bjooooooo

Ivani disse...

obviamente o tom irônico de seu texto não deixa dúvidas quanto às suas crenças.
é logico que nada vai mudar, e que se diminuir o preço da passagem vai faltar dinehiro e piorar o transporte.
o Hadad já acenou com a possibilidade de baratear, mas deixou bem claro que "vai ter que sair de algum lugar esse dinheiro". Ponto.
estou encantada com essas manifestações.
pensei que ia morrer sem ver meu povo na rua acenando cartazes e bandeiras.
para mim que enfrentei uma ditadura onde tudo era proibido, ver esses jovens na avenida é algo que não dá para descrever.
queria ter 20 anos hoje.
mas tenho medo de sair no meio dos jovens por conta dessa meia duzia de bandidos que se aproveitam para badernar e roubar.
penso que essas manifestações servirão para mostrar que o povo está descontente, mas que por hoje, não trarão muitas mudanças.
vamos continuar sonhando com essas maravilhosas alternativas que voce mostrou, e que sabemos são utopia.
Um beijo querida, adorei sua postagem.

Patricia Galis disse...

Vida difícil esta que os trabalhadores enfrentam em cidades grandes tbm gostaria de pensar que os 0,20 centavos iria melhorar, mas quem sabe com toda essa manifestação algo mude.
Muito bom seu texto seria bom que alguns políticos lessem !!!

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, genial a sua postagem. Conseguiu mostrar o valor real de R$ 0,20...rs...rs!
Muito bem bolada a sua criatividade.

Beijo

Manoel