quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Defronte


Mudança feita! Bagunça por arrumar, muitas coisas por desencaixotar... e vamos dando continuidade ao viver!
Obrigada pelo carinho que recebi durante a ausência. Aqueceu, motivou a voltar, a continuar.
E já que o assunto é a mudança, vou falar do lugar que moramos por dois anos.
Um apartamento.
Dois anos em que eu não pude ser completamente feliz.
Ao inverso de mim, marido e crianças se saíram muito bem.
O motivo da minha infelicidade?
A arquitetura do prédio.



Quando fomos visitá-lo, não me dei conta. Achei a fachada bonita , a localização excelente, etc.
Negócio fechado, mudança feita e aí começaram os problemas.
Olharam bem para a foto? Viram as pequenas janelas na fachada? Sim, o banheiro.
O banheiro era a frente do prédio.
Reclamei para o marido, que me disse ser uma bobagem este fato, não dava para ver nada lá da rua.
Isso reforça a minha tese de que o arquiteto, ou seja lá quem projetou este prédio era homem.
Homens não ligam para essas coisas...
Eu precisava convencer o meu metabolismo que estava tudo bem e resolvi largar aquela quantidade enorme de caixas para arrumar e desci com o cachorro para passear.
Havia uma ruela sem saída defronte ao nosso banheiro.
E ali, segurando o cachorro, defronte a nossa morada eu fiquei paralisada: era possível ver uma silhueta sentada em seu momento íntimo.
ruela defronte

Eu sou uma pessoa razoavelmente ecológica. Procuro economizar água, energia e esse meu lado “verde” foi decisivo para um certo bem estar nestes dois anos.
O que fez o metabolismo diante das silhuetas expostas? Decidiu-se por trabalhar somente à noite.
Então eu ia ao banheiro no escuro, sem acender a luz.
Claro, que os familiares me indagavam “por que você está no banheiro escuro? Acende a luz”.
Se alguém defronte ficasse me olhando, bem que seria engraçado – tudo escuro e de repente, como uma explosão, um clarão... o segredo da Nona em ação!

Aproveito que estou me expondo mais do que deveria e vou confessar para a Chica que algumas fotos de céu que eu lhe enviei foram tiradas dali, do banheiro. Espero que não se importe.

Há outra coisa que eu preciso saber;
A querida prima morou conosco por um tempo. Nunca tive coragem de lhe perguntar pessoalmente. Pergunto agora – naquela correria para não perder a hora do cursinho, naquele tempo em que o norte era o vestibular, você se incomodava com a silhueta na fachada? Responde aí nos comentários porque não tenho coragem de perguntar...

A Júlia, minha filha, sempre me pedia para fechar a janela. Como se isso resolvesse.
Ah! Como eu gosto da inocência das crianças.
Embora eu já esteja em outra habitação, nem adiantaria me sugerir uma cortina, uma toalha. Era proibido. Normas de condomínio.

Como eu não tinha nenhuma foto desse local em que fui quase feliz, pedi ao marido que ficasse defronte para o prédio e tirasse algumas fotos.
Isso foi no último dia, quando ele foi para lá entregar o imóvel.
Voltou feliz por estarmos na nova casa:
Realmente, dava para ver tudo. Se a máquina fosse profissional, eu teria clicado alguém sentado. Que coisa, não imaginei que era tão nítido”.
Que sorte que sou ecológica e já estamos na nova casa, com o banheiro no seu devido lugar.

18 comentários:

Lola disse...

Não creio! Morri de rir!!! Mas tudo bem, agora é só dar uma geral e deixar a casa bem linda, já que não tem o que fazer com o banheiro!! psss
beijõesss

Marly Bastos disse...

Ana Paula,
Realmente quando não gostamos, não gostamos e pronto! E commmmmmmmm certeza o arquiteto era homem. Credo! Onde ja se viu o banheiro ser a fachada do prédio. Eu como não sou ecológica e também não gosto de ser apreciada num momento de rainha, colocaria uma cortina... E terminava de acabar com a fachada. Mas, por outro lado, deve ser bom ficar no trono apreciando o céu azul... rsrsrs
Felicidades na nova morada! Ano novo, nova morada, novos projetos!
beijokas doces

✿ chica disse...

Rsssssssss...E as fotos dos céus pelo menos saíram lindas!

E por pouco, poderiam ter aparecido outras coisinhas,rsrs

Que bom te ver e já feliz na nova casa!Boa sorte!beijos,chica

Juliana disse...

Oba!!!! sou a primeira! estou tão feliz por voce ter voltado que nem sei o que comentar!
Mande essas recordações desagradáveis pro inferno e recomeça tua vida agora, no banheiro novo!
Credo! eu não suportaria um mês...sentadinha no trono e pensando que alguém estivesse me vendo.
Amiga, que saudade! voce já se despediu de seu prédio mal planejado, já deixou pra trás essas lembranças ruins.
Creio que muitas lembranças boas também ficaram. Aos poucos voce conta pra gente.
Agora...conta da casa nova, do bairro, da mudança, do banheiro rsrsrs
que bom que voce voltou, como foi de festas?
As crianças estão curtindo? Ah! tanta pergunta!
Beijos querida, vai escrevendo pra gente se divertir, a?

Nega disse...

hahahahaha não acreditooo..eu sabia q a privacidade nao era das maiores,mas nunca imaginei que era tao nitida a imagem la de baixo,por isso nao me importava,fazia cmo a Julia,a janela fechada era o suficiente... e olha que na epoca das obras eram sempre muito cheias de trabalhadores as faixadas ...ai q horror HAHAH

Patricia disse...

Q bom te ver de volta!!
Morreria de vergonha desse banheiro tb, certeza q eu estaria no meu ap tb no escuro. rs
Feliz 2012!!
bjs

Lola disse...

Assim que ver alguma idéia legal para o banheiro te envio ok! Beijoos

mfc disse...

E tens carradas de razão!!
Se há sítiozinho onde precisamos estar à nossa vontade... é precisamente aí!!
Bom... agora que o problema está resolvido, vou dizer-te da minha satisfação por este regresso bom!
Muitos e muitos beijinhos, Ana Paula!

Evanir disse...

Que a felicidade te acompanhe sempre e que ela seja
sua companheira constante no decorrer desse Ano de 2012.
Sigamos avante, para o alto e com um sorriso no rosto! Paz e luz.
E já no final dessa primeira semana de Ano Novo.
Desejo um feliz e abençoado final de semana.
Vou continuar te seguindo e te amando sempre.
Beijos no coração.
Evanir

Ivani disse...

Ana minha querida, só agora quando fui postar um comentario em outro blog foi que vi que não fiz "login" e saiu com o nome da Juliana, minha filha.
Então, lá em cima, aquele comentário assinado por juliana, SOU EU!!!
Perdão, vivo fazendo dessas...beijos.

Débora disse...

Oi Ana!
Muito feliz por sua volta.
Menina, ri aos montes com seu relato.
Não sei se aguentaria viver tanto tempo assim sem privacidade...
Mas a página já foi virada, agora e curtir o novo cantinho.
Espero que todos estejam felizes por aí com a nova morada!
Bjo grande
Débora

Su disse...

Ana Paula, ri aqui...que situação minha amiga! Ninguém merece...
Enfim, que bom que vocês já estão na casa nova, desejo muita alegria e amor no novo lar...

Beijos no coração.

Su.

Flor disse...

ri muitooooooooooooooo...quem planejou o prédio era homem e precursor do bbb..se lembra que na paulista a 9 ou 10 ano esteve uma exposição de gente numa vitrine??? Asim estavam vocês... muito bom ana estou feliz de sua volta da sua casa nova e da sua engrazada historia...beijos

Danielle disse...

hahahahaha juro fiquei imaginando a cena! Ri muito com esse post, devia ser mesmo desagradavél.

Silvia disse...

Paula, que bom que voltou!!!!
Adorei este post, apesar da situação, ri bastante.
Bjus
Silvia Yumi

Compartilhando Sentidos disse...

Oi Ana, que bom que estás de volta. Vou te confessar uma coisa, banheiro faz toda diferença num lar. O nosso aqui de casa foi todo pensado e repensado desde o projeto. Já morei num prédio que não me arriscava me expor. E você lembrou bem, tem umas lentes que dá prá ver tudo de uma janela a outra... Mas agora espero que teu novo cantinho seja um lar, um refúgio, uma fortaleza!

bjbj e eutimia

Coisas da Vida disse...

Olá Ana!
Que bom que vc voltou!
Pelo tamanho da janela dava pra ver ate
a marca das louças se a maquina fosse profissional!!rsrsrs!

Beijos

Ivana disse...

Que bom que voltou, muito bom ler seus texto, que bom que já está bem instalada, feliz e sem silhuetas expostas, bjo grande